RJ: Casos de dengue aumentam 177% nos cinco primeiros meses deste ano

Os casos de dengue no estado do Rio de Janeiro tiveram um aumento de 177% nos cinco primeiros meses deste ano, quando comparados com o mesmo período de 2021.A capital fluminense concentra a maioria dos registros da doença, mas as regiões Noroeste e Norte apresentam alta transmissão, de acordo a Secretaria de Estado de Saúde.


Das mais de 4 mil notificações feitas este ano, cerca de 1.600 foram na capital, que tem taxa de transmissão de 24 casos por 100 mil habitantes.

Já as regiões Noroeste e Norte apresentam alta transmissão sustentada da doença, com 1.328 casos nos cinco primeiros meses de 2022 e taxa de incidência ultrapassando o limite endêmico. A Região Noroeste tem a mais alta taxa do estado, com 248 casos por 100 mil habitantes. Dois municípios da região, Aperibé e Cambuci, apresentaram incidência maior de 500 por 100 mil habitantes.


O secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, afirmou que os casos tem predominância do vírus da dengue tipo 2 e reforçou a importância da população evitar os focos da doença.

A Secretaria de Saúde informou que ações de controle do mosquito estão sendo realizadas nas nove regiões do estado, com distribuição de inseticida e monitoramento das visitas domiciliares realizadas pelos 92 municípios.



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo