• 95NEWS

Creches particulares se preparam para reabrir em Fevereiro

Diretores de creches particulares de Macaé defendem protocolos sanitários e educativos que asseguram a retomada das atividades presenciais a partir do dia 1º de fevereiro. As regras que permitirão a reabertura dessas unidades já estão sendo traçadas pela prefeitura.


Nesta sexta-feira (8), Solange Vasconcelos que faz parte do grupo formado por diretores de cerca de 20 creches da rede privada de ensino da cidade, foi entrevistada do programa "Viva Vida", da Rádio 95 FM.


Além de garantir que as unidades estão preparadas para acolher com segurança as crianças com idade entre 0 e 3 anos e 11 meses, Solange afirmou também que a iniciativa é acompanhada por especialistas em Saúde Pública, que asseguram o retorno das atividades dentro das medidas que garantem o combate ao contágio local do Coronavírus.


"Discutimos a criação deste protocolo de retorno das nossas atividades desde o ano passado, com o grupo de diretores de creches, pediatra, profissionais da área da Saúde e especialistas que acompanham o cenário de pandemia em Macaé. Estamos seguros de que temos as condições necessárias para atender as crianças, dentro dos protocolos sanitários", defendeu Solange.


Na última quarta-feira (6), Solange e o grupo de diretores das creches particulares participaram de reunião com o prefeito Welberth Rezende (Cidadania) para definir a formação do decreto que permitirá a reabertura das unidades. Há a expectativa de que essa rede de ensino seja também considerada como "serviço essencial", que impediria o fechamento diante de outras situações mais extremas.

"Nos preparamos para esta etapa que estava prevista inicialmente para janeiro. Fizemos pesquisa com os pais das crianças e apontamos que, aquelas que possuem contato com idosos ou pacientes com comorbidade, não devem retornar as nossas unidades. Existe uma demanda grande de famílias que já retomaram a rotina de trabalho, e querem assegurar que seus filhos estejam em espaços qualificados, que respeitam as regras sanitárias e que também são seguros", defendeu Solange.


Em entrevista, o prefeito afirmou que a rede de Educação do município está discutindo junto aos profissionais de Saúde a estratégia para o início do ano letivo, com a expectativa de retomada das atividades presenciais.


A expectativa é que o decreto que permitirá a reabertura das creches particulares seja editado até o final deste mês.




19 visualizações0 comentário