• 95NEWS

Vacina contra o Coronavírus mais próxima de ser liberada

Com as análises realizadas atualmente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), duas vacinas contra o Coronavírus estão mais próximas de serem liberadas à população brasileira. E Macaé já se antecipou para adquirir 500 mil doses.

Das quatro vacinas que estão em fase de testes no Brasil, duas já solicitaram urgência para aplicação em massa: a Aztrazeneca e a Sinovac.


Criada por laboratório da Universidade de Oxford no Reino Unido, a Aztrazeneca está em produção na Fiocruz, um dos mais respeitados institutos de pesquisas do Rio de Janeiro. Atualmente, 27% dos estudos que deram origem ao medicamento já foram avaliados pela Anvisa. Já a Sinovac foi criada por laboratório na China e está em produção no Instituto Butantan, considerado de excelência no Estado de São Paulo. O medicamento está em estágio mais avançado de análises na Anvisa, com 40% dos seus dados já apurados pela Agência.


Os laboratórios Pfizer e Janssen também realizam testes de imunizantes no Brasil, mas ainda não solicitaram urgência à Anvisa para liberação e imunização.


Macaé contratualizou, desde o ano passado, a aquisição de 500 mil doses da vacina Sinovac, em produção no Butantan. A previsão do Ministério da Saúde é que as vacinas sejam disponibilizadas à população ainda neste mês, em um planejamento que dará prioridade a idosos e profissionais da saúde, com início nos estados e cidades mais populosos.


A expectativa é que a imunização deve levar um ano para ser concluída.




26 visualizações0 comentário