• 95NEWS

Rotina de passageiros do transporte público gera preocupação

A rotina de quem utiliza o transporte público de Macaé ainda gera preocupação, especialmente diante do cenário de pandemia.

Itinerários sobrecarregados lotam os coletivos que circulam pelas principais linhas da cidade. E essas aglomerações, a princípio inevitáveis, assusta quem precisa do transporte para manter a rotina de trabalho.

Essa realidade é encarada principalmente por quem circula pelos trechos que seguem para os principais polos industriais da cidade (Cabiúnas, Parque dos Tubos e Novo Cavaleiros).


Na região serrana de Macaé, a rotina de quem precisa seguir para a área central da cidade, também é de ônibus lotados. Mesmo com a obrigação do uso de máscaras, o distanciamento não é respeitado. Quem utiliza o transporte, solicita o aumento do número de ônibus principalmente nos horários de mais circulação.


Após reclamações de ouvintes, encaminhadas pela Rádio 95 FM à SIT, alguns coletivos voltaram as rotas prioritárias do transporte. Mas o serviço ainda não atende com segurança, de acordo com os protocolos sanitários para evitar o contágio local do Coronavírus. Essas reclamações também foram apresentadas ao novo governo municipal. O prefeito Welberth Rezende (Cidadania) reconheceu os problemas do transporte e afirmou que uma revisão do contrato de concessão do serviço será realizada, para efetivar e ampliar as ações de fiscalização junto a empresa.




0 visualização0 comentário