INSS prorroga projeto-piloto que pretende reduzir fila de espera por benefícios para os sevidores

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) decidiu prorrogar, até 30 de setembro, a experiência-piloto do Programa de Gestão do Atendimento Presencial (PGAP), que pretende reduzir a fila de espera por benefícios previdenciários. O Ministério da Economia publicou a portaria nº 1.339 no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 26.


O projeto estipula metas e concede pontuação para incentivar os servidores na realização dos atendimentos presenciais.

Segundo o texto, os servidores participantes da experiência-piloto que atendem ao público diretamente deverão, obrigatoriamente, cumprir os atendimentos agendados, não podendo ser substituídos por tarefas, exceto no caso de não comparecimento do segurado ou não preenchimento da agenda.

Fonte: O Dia



2 visualizações0 comentário