Chuvas continuam no Sudeste nesta terça (11) e temperatura sobe no RS

A chuva intensa do final de semana causou muitos transtornos pelo país. Essa chuvarada ainda é influência das ZCAS - a Zona de Convergência do Atlântico Sul. Ela forma um corredor de nuvens carregadas que vai do norte ao sudeste. Essas nuvens ficam praticamente estacionadas nessa região causando chuva por dias seguidos.


É o que a gente tem visto principalmente em regiões do Sudeste. E o excesso de água que deixa o solo encharcado favorece a ocorrência de mais transtornos.

A semana começa com mais alertas de chuva intensa pelo país e a atenção ainda deve ser redobrada em área do Sudeste que seguem com alerta vermelho de perigo. Isso inclui a região central e o noroeste de Minas Gerais, o sul do Espírito Santo e o noroeste fluminense, áreas já atingidas pelas fortes chuvas desse final de semana.

Até esta terça-feira (11) a chuva ainda pode vir bem volumosa nestas regiões aumentando os riscos de mais alagamentos, transbordamentos de rios e deslizamento de encostas.


Se você está em uma dessas áreas, as recomendações do Instituto Nacional de Meteorologia são as seguintes: desligue os aparelhos elétricos e o quadro geral de energia, observe qualquer alteração nas encostas, e o mais importante, permaneça em local seguro.

Nesta terça-feira (11) pode chover forte também em capitais como Belém, Palmas, Cuiabá, Goiânia, Rio de Janeiro e Curitiba.


Já no Rio Grande do Sul o alerta é outro: uma onda de calor chega a partir de amanhã aumentando as temperaturas dos gaúchos. De amanhã até pelo menos quinta-feira os termômetros podem registrar quarenta graus célsius no sudoeste e oeste do estado. Mais uma influência do La Nina que além de calor tem levado a estiagem para grande parte do sul do país.



5 visualizações0 comentário